O JORNAL

Clique na imagem para mais detalhes

Vida - Liberdade - Solidariedade

São Paulo/Brasil - Editor: Antônio Aggio Jr.

OLHO VIVO, BRASILEIROS!

O partido dos neomencheviques com plumagem de tucano conseguiu ser o mais votado no País. Quem conhece a História sabe o que aconteceu em outras plagas (ou pragas) em 1917.  E como a História sempre se repete com nova roupagem...

03/10/2016

ESTE, SIM, UM GOLPE DE MESTRE

Desde o engodo ideológico praticado pelo Partido Comunista entre as décadas de 1910 e 1920 para  enganar os anarquistas da época e obter sua adesão espúria, o surgimento do Partido dos Trabalhadores  foi outro grande golpe de mestre aplicado nas estruturas de esquerda brasileiras, desta vez por inspiração da Inteligência brasileira e não do Komintern soviético. Veja nos textos seguintes.

LULA-PT, UMA HISTÓRICA

PRESTAÇÃO DE SERVIÇO

Lula e o Partido dos Trabalhadores cumpriram à risca seu destino histórico, a exemplo de Lech Walesa com o Solidariedade polonês; Adolf Hitler com  o Partido dos Trabalhadores Alemães; e Stalin com sua  facção  bolchevista na Rússia.

Lula e seus partidários merecem o reconhecimento – embora, jamais o respeito! – dos povos latino-americanos pelo serviço sujo que prestaram, apesar do alto preço cobrado. Ou seja, demonstraram na prática e com pujança a natureza criminosa da ideologia socialista e dos seus instrumentos. Isto merece aplausos dos republicano-democratas de toda a América Latina

Lula e seus comandados cumpriram garbosamente a missão idealizada pelo maquiavelismo do então general Golbery do Couto e Silva (o “Bruxo”), ao garantir que, sob seu incentivo e proteção, um bastão político passasse às mãos do  vilão de maneira a desnudá-lo  inteiramente.

Assim, o PT floresceu num xadrez de delegacia, regado pelo pragmatismo do delegado Romeu Tuma, então diretor do DOPS paulista; influenciado pelo intelecto de Delfim Neto, então ministro da Revolução de 1964;  e sob as bênçãos do empresário alemão Wolfgang Sauer, então dirigente máximo da Volkswagen no Brasil. A oportunidade desmascarou o ladrão...

O lulopetismo tornou-se o canal em que desaguaram incontinentes todas as tendências socialistas da época. E o que se seguiu mostrou que  o “Bruxo” tinha razão ao aplicar o antigo adágio “para conhecer o vilão, dá-lhe o bastão na mão” e ao predizer  que a torrente socialista, com uma destinação bem traçada,  cumpriria a missão de desnudar aos olhos do povo o verdadeiro caráter da práxis socialista:  o caráter de organização criminosa estabelecida em nível de Estado.

Tal missão acaba de ser cumprida. Resta agora promover o “gran finale” com a volta do lulopetismo às origens, isto é,  o xadrez policial!

Antônio Aggio Jr. – 15/09/2016

A FACÇÃO DE LULA

O PT – Partido dos Trabalhadores é de natureza nacional-socialista (nazifascista).

Nasceu como fruto do maquiavelismo de um militar que conseguiu chegar a general sem nunca ter sido coronel;

foi amoldado aos interesses econômicos representados por um empresário alemão radicado no Brasil;

obedeceu ao pragmatismo de um delegado de Polícia que se transformou em senador da República;

e seguiu o malabarismo ideológico de um ser humano capaz de produzir um “milagre econômico brasileiro”, sem sair do seu gabinete de trabalho.

Assim, enganou as militâncias esquerdistas e funcionou como vertente dos ideais de tantos quantos, desinformados, não perceberam estar se engajando numa ideologia  rapinante e infensa àquela que pensavam estar professando. Foi a pá de cal na luta armada que haviam praticado com o objetivo de aqui implantar uma "ditadura do proletariado."

Por isso, desde o engodo ideológico praticado pelo Partido Comunista entre as décadas de 1910 e 1920 ao enganar os anarquistas da época para obter sua adesão espúria, o surgimento do Partido dos Trabalhadores  foi o maior golpe aplicado nas estruturas de esquerda brasileiras, desta vez por inspiração da Inteligência pátria e não do Komintern soviético.

Em abril de 2004, em entrevista a José Roberto Toledo, publicada pela Revista Poder, aquele mesmo “economista milagroso” declarou que o capitalismo brasileiro foi salvo pelo cidadão chamado Luiz Inácio Lula da Silva,   "uma inteligência absolutamente privilegiada”, “um sobrevivente.” Afirmou que ele, Lula, “salvou o capitalismo brasileiro” porque logrou um feito “elementar” quando aumentou “a igualdade de oportunidades”. Além das qualidades pessoais, recebeu “uma mãozinha de Deus”. Delfim resumiu Lula numa frase: “O Lula é o Darwin Andando.” E ressaltou que esse protótipo da evolução de espécie à brasileira é beneficiado por uma vantagem providencial:  “Nunca leu Karl Max". 

Na  verdade, como todo o Brasil sabe agora graças ao escândalo da Bancoop e à descoberta do “Mensalão” e do “Petrolão”,  o indivíduo que apropriadamente se autodenomina  ”jararaca” lidera uma mixórdia político-ideológica transformada em facção criminosa a serviço dos maiores ladravazes da História brasileira.  Algo que o Ministério Público denuncia à Justiça como sendo uma "propinocracia" :   "governo da proprina para a propina".

Dois meses após o pronunciamento do “economista milagroso”, dirigentes petistas deram início, no seio do Sindicato dos Bancários de SP ao estelionato em massa que se celebrizou, tempos depois, com o nome de escândalo da Bancoop.

A partir de 2006, provocado por uma enxurrada de ações movidas pelas vítimas, o Poder Judiciário paulista começou a se manifestar sobre o caso. Portanto, desde essa época a Bancoop e suas consequências estão na mira de procuradores do Ministério Público do Estado de São Paulo que buscam provar a materialidade dos crimes cometidos contra sete mil famílias lesadas com o conto da casa própria (estelionato, conforme o artigo 171 do Código Penal) e apontar os prováveis autores e beneficiários dos delitos, entre os quais enquadraram Lula, a esposa e o filho. O apartamento tríplex do Guarujá faria parte de tais benefícios.

Ao contrário da Operação Lava a Jato, de competência federal, o caso Bancoop  sempre foi e é de competência estadual. Tem por objeto um golpe grosseiro, típico de malandragem de arrabalde, aplicado contra  milhares de trabalhadores de boa fé, ludibriados sob a influência do maior líder sindical do País e a égide de um dos maiores sindicatos laborais. Um golpe fuleiro – uma típica vigarice, reles mas capaz de proporcionar  “lucros” milionários graças à enorme qauantidade de vítimas iludidas com o prestígio dos vigaristas.

Ocorre que, nesse meio tempo, vários  dos envolvidos no escândalo da Bancoop e que tinham iniciado sua trajetória delituosa nos municípios do ABC, inclusive envolvendo-se na “queima de arquivo” que resultara no assassinato do ex-prefeito Celso Daniel, de Santo André,  deram o bote sobre a estrutura do governo federal. Durante anos, surripiaram bilhões de reais da Petrobrás e dos cofres públicos. Acabaram conspurcando toda a política nacional. Motivaram a Operação  Lava Jato, nome dado pela Polícia Federal às investigações sobre um conhecido doleiro de Brasília que transformara um posto de abastecimento e lavagem  de veículos do DF em quartel general para receber, branquear e distribuir  dinheiro  obtido criminosamente pelo bando. Portanto, a ação dos promotores públicos de São Paulo independe da apuração dessa falcatrua bilionária, a maior já vista na História das democracias  modernas em todo o mundo. E vice-versa. Ambas as operações tratam de crimes distintos embora, potencial e eventualmente, no final das contas, as provas obtidas num ou noutro processo judicial possam vir a se complementar de maneira a reforçar ambos. 

Assim, peca por ignorância ou má-fé quem alardeia que nossa Justiça estadual estaria “atravessando o samba” e prejudicando a Operação Lava Jato. Nada disso. As provas obtidas e entregues à Justiça pelo MP paulista  são tão robustas que parecem preocupar os defensores da “jararaca” até mais do que as coletadas pela Lava Jato. Tanto que, por alicerçarem o pedido de prisão preventiva agora apresentado, motivaram correria no Planalto e tentativa de blindar Lula através de nomeação para um Ministério. Tomara ele aceite o convite de Dilma: estará tirando a máscara. Além disso, faria Dilma  tentar a prática do crime de obstrução da justiça em pleno exercício da  presidência da República, com todas as consequências previstas pela Constituição e pela legislação criminal.

O pedido de prisão preventiva tornou-se plausível porque Lula e seus seguidores mais próximos tem-se comportado como se fossem cidadãos acima das leis. Procuraram jogar a população contra o Poder Judiciário. Como é do conhecimento público, sua estratégia de defesa envolve a sistemática pregação de ódio entre classes sociais em busca de confrontos violentos que rompam a ordem pública e tumultuem a vida nacional.  A atitude de Lula e aqueles seguidores, especialmente o líder do MST que apregoa possuir “um exército de prontidão”, parece antítese daquela tomada pelo presidente Getúlio Dorneles Vargas quando, em 1954, preferiu morrer a se ver como pivô de uma guerra civil.  

Antônio Aggio Jr. - 12/03/2016

 

Isto é país ou casa de tolerância?

Como acreditar em algo ou alguém num país onde a Câmara dos Deputados considera  a presença de um determinado quadrilheiro entre muitos outros como um atentado ao decoro da casa a ponto de ser preciso exorcizá-la, enquanto, a poucos metros dalí, a presença do cabeça da quadrilha como especial convidado para a mais relevante cerimônia do Poder Judiciário que o está processando criminalmente é reputada como prestigiante para a  mais alta corte nacional?

Depois dos esclarecimentos feitos pelo Ministério Público Federal em entrevista coletiva sobre a Lava-Jato, hoje, caso restasse vergonha entre os envolvidos nessa repulsiva cusparada sobre o pudor do Supremo Tribunal Federal, todos pediriam demissão imediata. No mínimo para demonstrar na prática que, pelo menos, acreditam ser merecedores dos mais altos cargos do Poder Judiciário num contexto de País e não de casa de tolerância gerenciada por uma “propinocracia”.

Antônio Aggio Jr. – 14/09/2016

Após a mandioca da“mulher sapiens”,

o resplendor moral  da “besta sapiens”

Eis  o que consta do livro de memórias do general Olympio Mourão Filho, escrito alguns anos após ele ter dado a largada da Revolução de 1964 em Minas Gerais:

"Ponha-se na Presidência qualquer medíocre, louco ou semi-analfabeto e vinte e quatro horas depois a horda de aduladores estará a sua volta, brandindo o elogio como arma, convencendo-o de que é um gênio político e um grande homem, de que tudo quanto faz está certo.
”Em pouco tempo transforma-se um ignorante em sábio, um louco em gênio equilibrado, um primário em estadista.
“E um homem nessa posição, empunhando nas mãos as rédeas de um poder praticamente sem limites, embriagado pela bajulação, transforma-se num monstro perigoso.
“Enquanto esse monstro é dirigido e explorado apenas pela lisonja, bajulado pela corte, a Nação sofre prejuízos de monta, é verdade, mas, apenas danos materiais em sua maioria e morais alguns.
“Quando, porém, sua roda é formada ou dominada por um bando refece de demônios, nesse momento a Nação corre os mais sérios perigos."
 

Na entrevista coletiva de ontem à imprensa nacional e internacional. o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva proferiu frases que deveriam envergonhar intelectuais e pseudo intelectuais que sempre o apoiaram. Porque, depois disso, somente alguém de estofo moral ou nível intelectual próximo ao dele ainda pode continuar em dúvida quanto aos crimes que lhe são imputados na Justiça.

Eis o que Lula acaba de dizer:

 “Eu, de vez em quando, falo que as pessoas achincalham muito a política. Mas a profissão mais honesta é a do político. Sabe por quê? Porque todo ano, por mais ladrão que ele seja, ele tem que ir para a rua encarar o povo, e pedir voto. O concursado não. Se forma na universidade, faz um concurso e está com emprego garantido o resto da vida. O político não. Ele é chamado de ladrão, é chamado de filho da mãe, é chamado de filho do pai, é chamado de tudo, mas ele tá lá, encarando, pedindo outra vez o seu emprego”(sic).

Antônio Aggio Jr.  - 16/09/2016

 

SE O TSE QUISER, NÃO IREMOS

TROCAR SEIS POR MEIA DÚZIA

·         O Diário Oficial da União publicou todos os decretos assinados  pela “PresidentA”  (sic)Dilma Rousseff com as despesas que ela mandou  fazer sem autorização do Congresso Nacional;

·         Também estão publicados no Diário Oficial da União as transferências de bilhões de reais que a “PresidentA”  mandou bancos controlados pelo governo – especialmente a Caixa Econômica – fazer para ela poder pagar contas que deveriam ter sido pagas apenas com dinheiro proveniente da arrecadação dos impostos, conforme estivesse previsto no Orçamento da União;

·         Tanto a Constituição Federal, como a Lei Orçamentária, a Lei da Improbidade Administrativa e a Lei nº 1079/1950 (crimes de responsabilidade) dizem que tudo isso é inconstitucional, ilegal e proibido  porque configura a prática do  crime de responsabilidade.

·    Através desses atos criminosos,  a “PresidentA” tentou disfarçar a caótica situação financeira do governo. Mas, só conseguiu enganar a militância partidária fanática e fazer que a ruinosa situação contaminasse rapidamente  toda a economia do País. Deflagrou a inflação alarmante, a carestia, o retrocesso do Produto Interno Bruto-PIB  e o desemprego generalizado.

·         Agora, a “PresidentA”   repete  −   e repete à saciedade numa  grosseira imitação de Goebbels  −  que se sente injustiçada e está sendo vítima de golpe porque “não cometi nenhum crime de responsabilidade”. Procura criar ao menos uma dúvida nas mentes cegas pelo fanatismo e gerar  confusão e slogans  para repetição entre simpatizantes  que não querem ver.

·          Mas, queira ela ou não,  o crime está definido e existe. Materializou-se da  forma que se vê acima. Portanto, se ele existe e não foi praticado pela “PresidentA”,   quem  o praticou?

·         Seria seu autor algum diretor ou funcionário do Diário Oficial da União-DOU? Ou algum diretor da Caixa Econômica Federal ou de algum outro banco controlado pelo governo? Ou alguém do Tesouro Nacional capaz de falsificar a assinatura da “PresidentA”   Dilma e  enviar tais atos  para publicação no DOU à revelia da Presidência da República?

·         Mas, no crime materializado, todos os indícios de autoria plausíveis e veementes apontam para  a “Presidenta”. E isto Dilma Rousseff  só  pode negar através de mentira...

·         Todavia, há crimes ainda mais infamantes e graves, apesar de não estarem  abrangidos pelo pedido de impeachment sob apreciação do Senado.  Fatos descobertos e comprovados por sucessivas operações da Polícia Federal a mando da Justiça, especialmente a Operação Lava Jato. Há provas ao dispor  do Tribunal Superior  Eleitoral suficientes para anular as últimas eleições presidenciais e cassar o mandato da chapa eleita com dinheiro surripiado da Petrobrás e dos cofres públicos. Isto é, cassar de uma só vez os mandatos da “PresidentA”  e do  seu vice, Michel Temer.

·         Assim, se o TSE resolvesse cumprir sua parte e agir poderíamos ter eleições legítimas e limpas  já. E desde que fossem impedidas candidaturas de políticos alvos de pendências judiciais criminais em quaisquer níveis  (da 1ª Instância ao Foro privilegiado) poderíamos, finalmente, ver o Brasil passado a limpo. Não estaríamos apenas trocando seis por meia-dúzia...           

(20/04/2016)

Matérias publicadas em O JORNAL de 2003 a 2005

ÍNDICE GERAL DOS TÍTULOS E SEÇÕES

Tecle Ctrl+F para localizar palavras nesta página e depois no 'link' da edição, na coluna à esquerda. Existem arquivos em 'cache' nos sites de busca (Google etc.)

Edição

Assuntos principais

1

 
  • Pêndulo da História balançou de novo
  • Terror e mentira dão título de doutora em História pela Unicamp
  • II GM: uma vitória da luz sobre trevas (Autor: Romeu Tuma)
  • Teto de 30 anos para penas: indústria de falsas confissões

2

  • Querem destruir o Estado Democrático de Direito
  • Unicamp ainda não reviu o caso de doutorado pela mentira
  • Chanceler cubano rebate acusação dos EUA sobre o terror no "Eixo do Mal"
  • Cuba, bela e rebelde, entrega-se ao turista
  • Interlegis, a rede de informação do Legislativo brasileiro
  • Tuma permanece na Corregedoria do Senado Federal

3

  • Previdência: a mentira está virando verdade
  • Centros de ressocialização e unidades compactas, o novo sistema penitenciário
  • Cegos recebem livros em braile do Senado
  • STF bloqueia investigações de promotores
  • O escândalo de 30 bilhões no Banestado
  • Polícia sofre de exclusão social
  • ENTRELINHAS (por Amaira e Feguelli) 

4

  • Senado condena fuzilamento de seqüestradores de barco cubano
  • Rasgaram nossa Constituição para oficializar juros da agiotagem
  • USP descobre o curativo do século
  • Estratégia para vencer, indica Sun Tzu
  • ENTRELINHAS (por Amaira e Feguelli) 
  • A CHARGE DE COLETTI (por Nelson Coletti)

5

  • Veja a Amazônia antes que acabe
  • E ainda querem liberar as drogas
  • Governo: o povo que se dane com as telefônicas
  • Só se pensa em desarmar os honestos
  • Forças Armadas estão em estado de penúria
  • INSS: reforma fere os direitos humanos
  • Cuba resgata irmãozinhos seqüestrados
  • ENTRELINHAS (por Amaira e Feguelli) 
  • A CHARGE DE COLETTI (por Nelson Coletti)

6

  • A segurança da urna eletrônica está sob ameaça
  • Bandido não vai ter porte de arma!
  • Compay Segundo falece aos 95 anos
  • Carta revela tragédia de uma sem-nada
  • Este homem assassinou o jornalista no acampamento dos sem-teto
  • ENTRELINHAS (por Amaira e Feguelli) 
  • A CHARGE DE COLETTI (por Nelson Coletti)

7

  • Stédile faz os sem-terra virarem bucha de canhão
  • Lula pode resgatar o antigo sonho de Mauro Borges
  • Armas: enquete mostra revolta
  • Somos os únicos habitantes do Universo?
  • Fidel Castro apresenta seu balanço de 50 anos de luta
  • Fome Zero paga 17 milhões em salários
  • Brasil perde Roberto Marinho
  • ENTRELINHAS (por Amaira e Feguelli) 
  • A CHARGE DE COLETTI (por Nelson Coletti)

8

  • Lula promete reforma agrária sem agressões
  • Querem reviver inferno nazista
  • Idi Amin morre ao fim de exílio na Arábia Saudita
  • A República da Panákia está em O JORNAL
  • FHC deixou a Polícia Federal em estado de penúria
  • ENTRELINHAS (por Amaira e Feguelli) 
  • A CHARGE DE COLETTI (por Nelson Coletti)

9

  • Afinal, quem fez o que nos "anos de chumbo"
  • Conflito interminável (Autor: Ben Abraham)
  • Corrupção (Autor: Walter Del Picchia)
  • Mediocridade e Previdência (Autor: Mangabeira Unger)
  • STF pode libertar bandidos hediondos
  • Carros para deficientes ficam livres de impostos
  • Estatuto do Desarmamento cada vez mais cheira mal
  • Demissão coletiva na faculdade "Cásper Líbero"
  • Governo arrasa projeto de irrigação no Nordeste
  • PT "loteia" cargos de direção no Banco do Brasil
  • Samuel Wainer, repórter que revolucionou nossa imprensa
  • ENTRELINHAS (por Amaira e Feguelli) 
  • A CHARGE DE COLETTI (por Nelson Coletti)

10

  • FMI dita reformas e avassala o País
  • Maria Rita, saboroso devaneio
  • Maior bandeira do mundo é nossa
  • Senado compra micros em seu 1.º pregão e economiza R$ 3 milhões
  • Governo cria supermáquina de informação e propaganda com R$ 90 mi por ano
  • Esta reforma tributária é caminho para o socialismo (Autor: Ives Gandra Martins)
  • Um libelo contra o perdão natalino dado a milhares de criminosos condenados (Autor: Vassili A. Vaitsev)
  • "Software" livre ganha força no Senado e pode revolucionar toda a informática  (Autor: Romeu Tuma)
  • Japão, sem armas, entra no rol dos crimes violentos
  • Projeto de lei põe as eleições em risco, afirmam professores das principais universidades
  • Estatuto do Desarmamento submeterá a população à sanha dos bandidos, dizem 12 entidades
  • ENTRELINHAS (por Amaira e Feguelli) 
  • A CHARGE DE COLETTI (por Nelson Coletti)
  • A MATRACA (por Assis Correa Neto)

11

  • Lula surge como novo pacificador
  • Revolução silenciosa
  • Reforma Tributária volta à estaca zero com documento assinado por todas as lideranças no Senado
  • Yad Vashem, centro da memória do Holocausto, marca o jubileu com várias cerimônias em Jerusalém
  • Governo paulista condecora as seleções brasileiras de handebol que ganharam o ouro no Pan de Santo Domingo
  • ENTRELINHAS (por Amaira e Feguelli) 
  • A CHARGE DE COLETTI (por Nelson Coletti)
  • A MATRACA (por Assis Correa Neto)

12

  • Asma paquistanesa deixa rastro de mortes no Brasil
  • Assembléia de SP homenageia a imigração árabe
  • Falhou o esforço para acabar com a briga Cuba/EUA
  • Senado imprime e doa livros em braile na 4.ª Bienal do Recife
  • Pastoral denuncia: menores se prostituem nos presídios
  • Israel destruiu a usina nuclear do Iraque e pode repetir a dose (Autor: Ben Abraham)
  • ENTRELINHAS (por Amaira e Feguelli) 
  • A CHARGE DE COLETTI (por Nelson Coletti)
  • A MATRACA (por Assis Correa Neto)

13

  • Hitler fez desarmamento civil para impor nazismo
  • Depois da Pepsi, chegou a vez da Dolly: é guerra com a Coca-Cola
  • Marechal-do-Ar Alberto Santos Dumont no Livro dos Heróis da Pátria
  • Atentados em SP; manifestações no Paraná
  • Policial fala e morre
  • ONU concede o maior prêmio ambiental a um brasileiro
  • "Teorias da Conspiração" viram moda na Internet
  • Unicamp dá início ao 3.º Colóquio Marx e Engels
  • ENTRELINHAS (por Amaira e Feguelli) 
  • A CHARGE DE COLETTI (por Nelson Coletti)
  • A MATRACA (por Assis Correa Neto)
  • INTERNETEANDO (por Sérgio Quintella da Rocha)

14

  • Milagre brasileiro: 1 segundo de diferença legaliza crime hediondo
  • Guerra Dolly x Coca-Cola dá em CPI
  • Pesquisa da OAB deixa Judiciário no penúltimo lugar em confiança
  • Congresso Nacional: 180 anos de vida
  • ONU condena bloqueio a Cuba com o voto do Brasil
  • Igrejas fora de exigência do novo Código Civil
  • Aliviada a dívida de Estados e municípios
  • Carta aberta a Saramago
  • Biodiesel, nova fonte de energia renovável, prova ser bom mesmo
  • Vereança do Brasil é raiz do Poder Legislativo nas Américas (Autor: Romeu Tuma)
  • O "reinado" dos sem-instrução (Autor: Claudivan Santiago)
  • ENTRELINHAS (por Amaira e Feguelli) 
  • A CHARGE DE COLETTI (por Nelson Coletti)
  • A MATRACA (por Assis Correa Neto)
  • INTERNETEANDO (por Sérgio Quintella da Rocha)

15

  • Povo brasileiro perde a batalha, mas ganha uma heroína: Heloísa Helena
  • Olha a onça! Olha o bandido! Chama a Polícia! É o estatuto de outra trágica palhaçada
  • Mais um indulto dá liberdade a milhares de assaltantes
  • Nova lei eleitoral põe em perigo a confiança nas urnas eletrônicas
  • Brasil está sob ataque da Aids Social: insegurança
  • Atlasul prevê quando nosso mar vai virar inferno
  • Alta Paulista perde o seu Centro de Formação do Magistério e ganha cadeia (Autor: José Augusto de Godoy)
  • ENTRELINHAS (por Amaira e Feguelli) 
  • A CHARGE DE COLETTI (por Nelson Coletti)
  • A MATRACA (por Assis Correa Neto)
  • INTERNETEANDO (por Sérgio Quintella da Rocha)

16

  • FMI vence de novo; PT expulsa Heloísa
  • Roberto Carlos entra na luta contra o crime
  • Festival de revanchismo e indenizações milionárias
  • Guerra Dolly x Coca-Cola ganha anúncio em Wall Street
  • Demonstrada relação entre incultura das mães com a pobreza dos filhos
  • Brasil atrasado na corrida digital
  • Justiça amesquinha o jornalismo
  • ENTRELINHAS (por Amaira e Feguelli) 
  • A CHARGE DE COLETTI (por Nelson Coletti)
  • A MATRACA (por Assis Correa Neto)
  • INTERNETEANDO (por Sérgio Quintella da Rocha)

17

  • São Paulo foi concebida em São Vicente 41 anos antes de nascer (Edição comemorativa do 450º aniversário da cidade de São Paulo, a maior do Brasil)
  • ENTRELINHAS (por Amaira e Feguelli) 
  • A CHARGE DE COLETTI (por Nelson Coletti)
  • A MATRACA (por Assis Correa Neto)
  • INTERNETEANDO (por Sérgio Quintella da Rocha)

18

  • Despencam emprego, renda e a fé no governo petista
  • Trabalhador perde 6,4% e tem renda 30,6% menor que a de 1998 em SP
  • No País, cresce 42,5% o total de subocupados das principais regiões
  • No Recife, a jovem que matou estuprador vai para o xadrez
  • Lula renova promessa de zerar a fome
  • Nem gastando 1 bilhão, cidade de SP escapou das enchentes
  • Descoberta "lavagem" de R$ 4,3 bilhões através do Banco Central
  • Nossas Forças Armadas estão relegadas ao abandono
  • ENTRELINHAS (por Amaira e Feguelli) 
  • A CHARGE DE COLETTI (por Nelson Coletti)
  • A MATRACA (por Assis Correa Neto)
  • INTERNETEANDO (por Sérgio Quintella da Rocha)

19

  • Plebiscito já para a maioridade penal
  • Insanidade homicida em Madri causa a repulsa de todo o mundo civilizado
  • O inquérito ainda é da Polícia
  • Ladrões estão agindo à solta na Internet
  • Brasil ficou mais pobre com o PT em 2003
  • Síndrome da Insegurança Adquirida (Autor: Romeu Tuma)
  • Guerra Dolly x Coca ressuscita o lobista APS
  • Artigo faz alerta à humanidade (Autor: Ben Abraham)
  • ENTRELINHAS (por Amaira e Feguelli) 
  • A CHARGE DE COLETTI (por Nelson Coletti)
  • A MATRACA (por Assis Correa Neto)
  • INTERNETEANDO (por Sérgio Quintella da Rocha)

20

  • Lula revela que anistia consumiu 4 bilhões de reais
  • Menor comandava bando dos "e-mails" falsos
  • Hebe por Hebe: glória merecida
  • Querem expropriar os nossos salários
  • STF confirma a condenação do nazista gaúcho
  • Desemprego bate outro recorde em São Paulo e causa crise na base governista
  • Fearab repudia o terror em carta de solidariedade ao rei da Espanha
  • Câmara dos Deputados vai apurar denúncias da Dolly contra a Coca-Cola
  • Assembléia de SP investiga fraude milionária na telefonia
  • Tuma exige maior ação do governo na Amazônia pelo Calha Norte
  • Relatórios apontam risco de fraude nas urnas eletrônicas brasileiras
  • Caso Waldomiro enreda governo
  • IBAMA gasta mais do que multa
  • Vereador faz prefeita virar Martaxa
  • Deputado quer Odontologia no IML
  • 25 de Março será o dia dos árabes
  • Banda larga com acesso gratuito
  • Máfia atua no seguro obrigatório
  • ENTRELINHAS (por Amaira e Feguelli) 
  • A CHARGE DE COLETTI (por Nelson Coletti)
  • A MATRACA (por Assis Correa Neto)
  • INTERNETEANDO (por Sérgio Quintella da Rocha)

21

  • Mínimo e desemprego em massa cobrem de luto este 1.º de Maio
  • Estrela "eleitoreira" no jardim do palácio
  • Crise de autoridade ou falta de autoritarismo (Autor: Romeu Tuma)
  • Terras: dois pesos para justificar fraude e massacre
  • "Espião" da Coca-Cola está na Operação Anaconda
  • Sucesso na Bienal do Livro
  • Censura até na tragédia
  • Justiça mantém Internet de graça pela banda larga
  • Nova diretoria toma posse no Conselho das Comunidades de Raízes e Culturas Estrangeiras em São Paulo-SP
  • Advogados protestam contra assassinato de colega paulista em Tocantins
  • ENTRELINHAS (por Amaira e Feguelli) 
  • A CHARGE DE COLETTI (por Nelson Coletti)
  • A MATRACA (por Assis Correa Neto)
  • INTERNETEANDO (por Sérgio Quintella da Rocha)
  • Rodapé: "Esse governo tá mais pra associação de favela do que pra diretoria de escola de samba" (Dedé da Paraisópolis)

22

  • Estrangeiros apoderam-se da Amazônia
  • A Guerra "Santa"
  • ONGs tomam funções do governo
  • Mínimo da traição
  • Fidel a Bush: "Ave, César, os que vão morrer te saúdam"
  • Eleições: fraude à vista
  • Túneis em SP ficam R$ 71 milhões (48%) mais caros: Marta tinha esquecido até dos canos e postes
  • Deputado paulista já propunha proibir caça-níqueis no Estado antes da MP dos Bingos
  • Conselho das Comunidades Estrangeiras tem nova diretoria: Rezkalla na Presidência
  • Dois novos livros agitam o mercado editorial em São Paulo: "A Falácia Genética" e "A República da Panákia"
  • ENTRELINHAS (por Amaira e Feguelli) 
  • A CHARGE DE COLETTI (por Nelson Coletti)
  • A MATRACA (por Assis Correa Neto)
  • INTERNETEANDO (por Sérgio Quintella da Rocha)
  • Rodapé: "Quem abusa da liberdade, começa por não a merecer e termina por perdê-la." (Walter Del Picchia)

23

  • Governo quer liberar drogas
  • Ressurge a corrida bélica na América Latina (artigo – Augusto Nardes)
  • Homenagem dos Consegs
  • IR subtrai salários
  • Morte inglória de um herói autêntico
  • Pimenta no combate à enxaqueca
  • TST reintegra metalúrgicos que levavam armas para o MST
  • "Anistia Internacional só se preocupa com os criminosos" (Autor: Jorge Damus Filho)
  • Compararam em direitos os aposentados e os senhores de escravos, protesta Passarinho
  • País sob a "Síndrome do Reizinho", afirma Nêumanne
  • Cultura de "pit boys" e jiu-jitsu têm muito a ver com o atraso nacional, mostra Tognolli
  • ENTRELINHAS (por Amaira e Feguelli) 
  • A CHARGE DE COLETTI (por Nelson Coletti)
  • A MATRACA (por Assis Correa Neto)
  • INTERNETEANDO (por Sérgio Quintella da Rocha)
  • Rodapé: "O pior castigo para quem não gosta de política é ser governado pelos que gostam." (Arnold Toynbee, historiador inglês)

24

  • E quem continua torto? (Chamada do editorial "Com dança da quadrilha, entortaram a esperança", sobre a festa junina na Granja do Torto, em Brasília)
  • Dolly cola painéis contra a Coca e guerra ganha as ruas
  • Tietê renasce na Capital
  • Ameaça aos promotores públicos ofende tratado da ONU
  • Nildo Carlos lança romance
  • Sai nova pensão vitalícia de R$ 23 mil
  • Contrabando à vontade nas rodovias
  • Estação HC-IML: retrato da violência
  • Assembléia cubana em pé de guerra
  • Estudantes encapuzados atemorizam mestres em reunião do Conselho da Universidade de São Paulo – USP
  • ENTRELINHAS (por Amaira e Feguelli) 
  • A CHARGE DE COLETTI (por Nelson Coletti)
  • A MATRACA (por Assis Correa Neto)
  • INTERNETEANDO (por Sérgio Quintella da Rocha)

25

  • Canadenses denunciam a "farsa do desarmamento"
  • Lula usa o próprio exemplo para ativar a auto-estima brasileira
  • Ufanismo hipócrita (editorial)
  • 2.º "round" entre Fidel e Bush: seqüelas do alcoolismo
  • Na Rede TV!, ex-executivo complica a Coca-Cola
  • Golpes com cartões de crédito pelo telefone
  • ENTRELINHAS (por Amaira e Feguelli) 
  • A CHARGE DE COLETTI (por Nelson Coletti)
  • A MATRACA (por Assis Correa Neto)
  • INTERNETEANDO (por Sérgio Quintella da Rocha)
  • Rodapé: O ÚNICO E VERDADEIRO PODER DEMOCRÁTICO É O QUE EMANA DA LIBERDADE INDIVIDUAL

26

  • Querem acabar com a Lei dos Crimes Hediondos. É salve-se quem puder
  • Perdoados 4 terroristas que infernizaram Cuba
  • Jornalistas repudiam criação do Conselho Federal de Jornalismo
  • "Anistia faz 25 anos e eu continuo sendo torturado" (Autor: Celso Lungaretti)
  • Governo quer socializar imprensa, TV e cultura
  • Livro vale por um curso processual inteiro
  • Golpes na Web têm até "bilhete premiado"
  • "O que é danoso: arma bem guardada ou nas mãos de bandido?" (Autor: Alberto Fraga)
  • País cresce; pobreza nos lares aumenta
  • Insegurança ameaça nossa democracia (Autor: Romeu Tuma)
  • Uma missão surpreendente para o Exército Brasileiro (Autor: José Carlos Leite Filho)
  • Se a urna não imprimir, seu voto pode sumir
  • ENTRELINHAS (por Amaira e Feguelli) 
  • A CHARGE DE COLETTI (por Nelson Coletti)
  • A MATRACA (por Assis Correa Neto)
  • INTERNETEANDO (por Sérgio Quintella da Rocha)
  • Rodapé: SE A URNA NÃO IMPRIMIR, SEU VOTO PODE SUMIR!

27

  • País do futebol e carnaval ganha a taça da corrupção
  • Também estamos entre os campeões do narcotráfico
  • Ex-guerrilheiro clama ao ministro Thomaz Bastos por justiça
  • Brasil faz a maior eleição-e do mundo
  • O assassino "Champinha" pode sair livre da Febem
  • Laudo de perito põe abaixo o mito da inviolabilidade das urnas eletrônicas
  • Manifesto de militares aponta revolução em marcha no setor rural
  • Salários despencam pelo sétimo ano consecutivo, diz IBGE
  • ONGs já somam 260 mil e têm 1,3 milhão de empregos
  • Estatuto: quatro ladrões rendem e saqueiam 46 PMs desarmados
  • ENTRELINHAS (por Amaira e Feguelli) 
  • A CHARGE DE COLETTI (por Nelson Coletti)
  • A MATRACA (por Assis Correa Neto)
  • INTERNETEANDO (por Sérgio Quintella da Rocha)
  • Rodapé: Diminuir horas-extras  para criar vagas na indústria é aumentar a pobreza do trabalhador. Só o PT não vê isso

28

 

  • Células-tronco e soja iguais em valor aos olhos da lei no País
  • Serra derrota Marta e vai gerir a cidade de São Paulo
  • ONU condena bloqueio a Cuba pela 13.ª vez: 179 votos a favor e 4 contra
  • Corrupção já beira a endemia
  • Cresce a opressão tributária
  • Uma praga à solta produz mais violência: "lavagem" do dinheiro sujo do crime (Autor: Romeu Tuma)
  • Cai nossa aptidão para competir
  • Urnas-e ainda têm problemas
  • Ben Abraham fala de Paganini (artigo)
  • Olavo de Carvalho: Carta ao Amigo (artigo)
  • CONTA-GOTAS (noticiário amplo, geral e irrestrito): 1) Abertura dos arquivos, faca de dois gumes; 2) Brasil, primeiro a fabricar aviões a álcool; 3) Ato recorda "Noite dos Cristais"; 4) "Primo sonegare, dopo riformare" o Alvorada; 5) Campanha eleitoral de Marta: 19 milhões; 6) Maior a produção industrial em todo o País; 7) Cresce o apoio técnico Brasil - Cuba; 8) Murdoch é o figurão da "nossa" TV por satélite; 9) Verbas e mais verbas na mídia do governo; 10) Maluf, alvo da maior ação por improbidade em SP; 11) Um "exemplo" de visão política em São Paulo; 12) Fernando Sabino morre no RJ; 13) Celebridade mente e é presa (...nos EUA, é claro); 14) Jogo do Bicho, pedra à frente de Renan Calheiros; 15) Nossa dívida é pior do que proxenetismo; 16) Portugal: mão pesada da Justiça cai sobre corruptos; 17) Supermercado sem remédios, decide o STJ; 18) PT faz edição falsa do jornal AGORA SP; 19) Ministro dos Esportes não cansa de viajar; 20) Conexões muito rápidas agitam a Web; 21) Operações nebulosas entre Rainha e o MST; 22) Copa do Mundo 2006 já tem corruptos presos; 23) País dobra número de celulares; 24) É alemã "a" escavadeira
  • ENTRELINHAS (por Amaira e Feguelli) 
  • A CHARGE DE COLETTI (por Nelson Coletti)
  • A MATRACA (por Assis Correa Neto)
  • INTERNETEANDO (por Sérgio Quintella da Rocha)
  • Rodapé: “Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas” (Antoine de Saint-Exupéry, em O Pequeno Príncipe)

29

  • Economia reage, mas insegurança cresce
  • Senado quer conhecer os efeitos da rotina em indultar bandidos
  • OAB e CNBB lançam campanha pró plebiscitos e referendos
  • Polícia Federal dá um show de eficiência nas operações
  • "Coice-de-mula" espanca repórter
  • Doentes de hepatite ganham isenção de Imposto de Renda
  • Leia o que informa NOSSO HOMEM EM HAVANA
  • As muitas mortes de Arafat (Autor: Moisés Rabinovici)
  • Veio a "Noite dos Cristais" e o mundo silenciou (Autor: Ben Abraham)
  • Globalização: o que é isso? (Autor: Alberto Aggio)
  • CONTA-GOTAS (noticiário amplo, geral e irrestrito): 1) Fraude na coleta bilionária do lixo em São Paulo, a maior cidade sul-americana; 2) Marta culpa Lula pela derrota e volta a Paris; 3) Viegas sai da Defesa disparando; 4) Brasil exporta programas sociais para a África; 5) Mutante de Sorocaba era gozação na Internet; 6) Cocaína transgênica surge na Colômbia; 7) Estudantes ofenderam Lula em Maceió; 8) Terror põe em risco as eleições palestinas; 9) Lula e Putin contra o terrorismo; 10) Hu Jintao e Fidel: 16 acordos; 11) Fiasco na "Operação Velório", no Cairo, evoca o "congresso" de Ibiúna de José Dirceu; 12) Derrota de Marta foi a senha para invasões; 13) "Site" permite ao cidadão controlar dinheiro público
  • ENTRELINHAS (por Amaira e Feguelli) 
  • A CHARGE DE COLETTI (por Nelson Coletti)
  • A MATRACA (por Assis Correa Neto)
  • INTERNETEANDO (por Sérgio Quintella da Rocha)
  • Rodapé: Nada é mais preconceituoso do que o radicalismo
30

  • Enquanto a agiotagem oficial campeia à solta, AEROLULA LEVA A ESPERANÇA EMBORA
  • Esbanjamento do dinheiro do povo ganha um novo símbolo
  • A bomba da miséria (Editorial)
  • Sessenta anos de minha chegada a Auschwitz (Autor: Ben Abraham)
  • Lula ressuscita Rondon
  • Síndrome de Chamberlain (Autora: Pilar Rahola)
  • Sai dos arquivos a verdade sobre Celso Lungaretti
  • "Sambandido" perde o pai, Bezerra da Silva
  • Dois anos de governo Lula (Autor: Alberto Aggio)
  • Usura, PPPs e acordos comerciais (Autor: Adriano Benayon)
  • São Paulo em seu 451.º aniversário (reveja a História)
  • ENTRELINHAS (por Amaira e Feguelli) 
  • A CHARGE DE COLETTI (por Nelson Coletti)
  • A MATRACA (por Assis Correa Neto)
  • INTERNETEANDO (por Sérgio Quintella da Rocha)
  • Rodapé: "A diferença da Revolução de 1964 para outras revoluções é a de que ela rejeitou o paredão e a guilhotina. Será que só importa como e por quem as coisas são feitas?"
31

 

 
  • Deputados arrasam pretensões do autoritarismo – “CASA CAIU” SOBRE O FALSO PT EM BRASÍLIA
  • O melhor do Brasil é a brasileira
  • Estadão, 150 anos como paradigma de jornalismo
  • Universidade plural, sociedade democrática (Autor: Alberto Aggio)
  • Che, além da motocicleta (Autor: Alberto Aggio)
  • Como se forja uma mentira doutoral com louvor na Unicamp
  • Kneippterapia, uma alternativa de tratamento para muitos males (Autora: Eunice Heras Galvez)
  • 137.253 acessos a O JORNAL nos 28 dias de fevereiro
  • ENTRELINHAS (por Amaira e Feguelli) 
  • A CHARGE DE COLETTI (por Nelson Coletti)
  • A MATRACA (por Assis Correa Neto)
  • INTERNETEANDO (por Sérgio Quintella da Rocha)
  • Rodapé: Os gênios adoram as ditaduras, mas só os imbecis gostam de viver sob elas
32

  • Precisamos de uma CPI com urgência para desmascarar QUEM ESTÁ SUGANDO AS TETAS DO TRÂNSITO
  • "Rombo" de R$ 10,8 bilhões na Petrobrás e na Caixa Econômica Federal
  • A cobra fumou, no Monte Castelo, há sessenta anos
  • "A economia vai bem, mas o povo vai mal" (Autora: Maria Lúcia Victor Barbosa)
  • Escândalo da anistia é alvo de denúncia do MPF
  • A política da democracia (Autor: Alberto Aggio)
  • OAB ataca a "farra" do PT
  • O Conta-Gotas (noticiário amplo, geral e irrestrito): 1) Brasileiros pagam agora dois quintos dos infernos; 2) Ouvidor da polícia bebe, mata e cai fora; 3) Vinte anos de poder civil; 4) Apelo a favor da Sinfonia Cultura; 5) Tuma Jr. sai do PPS e entra no PMDB; 6) Eleições na Acrimesp confirmadas pela Justiça; 7) Cuba: encrenca à vista, em maio; 8) Medicina Alternativa de A a Z: acusação de fraude; 9) Impunidade de Marta derruba Lei de Responsabilidade Fiscal; 10) Fotos marcam Ano do Brasil, na França; 11) Quis encher botijão de GLP com GNV: explodiu; 12) ONGs manipulam parentes de vítimas de bandidos; 13) Uruguai reata relações diplomáticas com Havana; 14) Cubanos e canadenses atrás de níquel e cobalto; 15) Tiroteio em Rio Acima: esporte e ação; 16) Como reconhecer o AVC (derrame); 17) Um açúcar para controlar diabetes; 18) Chá verde tem substância anticâncer
  • ENTRELINHAS (por Amaira e Feguelli) 
  • A CHARGE DE COLETTI (por Nelson Coletti)
  • A MATRACA (por Assis Correa Neto)
  • INTERNETEANDO (por Sérgio Quintella da Rocha)
  • Rodapé:  A diferença de atenção dada pelo governo aos assassinatos da religiosa no Pará e do policial-militar em Pernambuco veio demonstrar que continua em pleno vigor o lema da ditadura do Estado Novo: "Para os amigos, tudo;  para os demais, a lei."
33

  • Urge uma reforma penal para valer porque SÓ A INJUSTIÇA AQUI PODE TER SEGURANÇA (Autor: senador Romeu Tuma)
  • "Habemus Papam": cardeal alemão é agora Bento XVI
  • João Paulo deixa herança de bondade, solidariedade e fé
  • Arquivos secretos só daqui a 60 anos
  • Os cartunistas e a realidade do Brasil
  • O dilema da esquerda com o seu novo governo, no Uruguai
  • Relatório da ONU comprova: ecossistemas do mundo estão beirando o colapso
  • Ex-comandante do DOI/CODI revela fatos e afirma que 1964 teve uma contra-revolução
  • Ouça "Revórve do Tropeiro", modinha de Piriska Greco, Ângelo Franco, Mauro Ferreira e Luís Carlos Borges
  • A trilogia da socióloga Maria Lúcia Victor Barbosa: 1 - Companheiro Papa; 2 - O Rei da Mamona; e 3 - "Sois Rei?" (artigos)
  • Tributação nos governos socialistas do Brasil (Autor: Júlio César Zanluca)
  • O ponto de vista moderno (Autor: Alberto Aggio)
  • O recuo da incompetência (Autor: Themístocles de Castro e Silva)
  • Carta de leitor ao ministro Gilberto Gil em prol da sua cultura
  • O Conta-Gotas (noticiário amplo, geral e irrestrito): 1) Querem infernizar ainda mais a vida do paulistano (mudança total no rodízio do trânsito em maio); 2) Indicação de controlador do petróleo é rejeitada no Senado; 3) Vereador de SP usa cartão de visita em braile ; 4) Armas apreendidas voltam a mãos criminosas; 5) Mais rebeliões e mortes no Cadeião de Pinheiros; 6) Terrorista caçado por Cuba quer asilo político dos EUA; 7) "Polícia prende, Justiça solta", diz assaltante na TV; 8) Movimento busca a reforma da legislação penal; 9) Efeito prático dos indultos: alarma geral; 10) Seguradora e policiais unidos para lesar segurados; 11) Dez novos Estados podem aumentar a farra com dinheiro público; 12) Promotor público pode e deve investigar; 13) Propaganda enganosa atinge os sem-terra
  • O JORNAL: 190.631 acessos vindos de 81 países no mês passado (março/2005)
  • ENTRELINHAS (por Amaira e Feguelli) 
  • A CHARGE DE COLETTI (por Nelson Coletti)
  • Rodapé: O enfraquecimento do catolicismo brasileiro acontece na medida em que a Igreja Católica segue pelo caminho político e deixa para outras religiões a preocupação com a fé.
  • "Links" para matérias das edições passadas (sinopse 2003/2005) e números já publicados
34

  • Governo cria país dentro do País em Roraima. ONGS EM FESTA NA AMAZÔNIA RETALHADA
  • Penúria e fervura no meio militar
  • 1.ª coletiva de Lula: "ação entre amigos"
  • Mar queria engolir avenida na cidade de Santos
  • Guarulhos livrou-se das maldades da carrocinha
  • Mais empregos após os 40 anos
  • O Conta-Gotas (noticiário amplo, geral e irrestrito): 1) Lula, mais caro que monarquias e Bush; 2) Defesa sob ameaça com fechamento da Imbel; 3) Família busca notícias de brasileiro no Japão; 4) Salva Vidas Mirim faz exposição de arte; 5) Governo dribla lei para duplicar funcionalismo; 6) Empresários instalam "impostômetro" em SP; 7) Dia dos Heróis e Mártires da II Guerra Mundial; 8) Eixo Vermelho se expande na América Latina; 9) "Afinal, o que é que eles queriam?"; 10) Prossegue luta contra criminalidade violenta; 11) ONGs atacam desarme de cidadãos honestos; 12) Projeto que expropria salários anda na Câmara; 13)  Crescem extorsões do crime organizado por telefone; 14) Eleições nos EUA: urnas-e têm que imprimir o voto; 15) Novo radar dá mais segurança em Brasília e SP; 16) Dinheiro dos pobres vai para "gays" e lésbicas; 17) Cartilha do "politicamente correto" é repudiada; 18) OIT diz que Brasil avançou na proteção ao trabalho; 19) Tribunal de SP julga culpa do governo por assaltos; 20) Indultos: mais nuvens negras sobre a segurança pública; 21) Febem quis soltar menores perigosos, afirma juíza; 22) China certifica anticorpo cubano contra o câncer
  • ENTRELINHAS (por Amaira e Feguelli) 
  • A CHARGE DE COLETTI (por Nelson Coletti)
  • A MATRACA (por Assis Correa Neto): Trabalhador mais pobre; Governo: tirem o traseiro do sofá; Fora com o terrorismo; Sapateiro não deve ir além dos chinelos; Jobim quer pensar política judiciária; Brasil volta a pisar na bola; Aéreas estão abrindo o bico; Ensino continua no fundo do poço; Ciência em ação; Malandro no xilindró
  • Rodapé: Lula tem razão! O brasileiro é acomodado mesmo. Só se mexeu para conseguir o impeachment de Collor por menos do que está acontecendo.
  • "Links" para matérias das edições passadas (sinopse 2003/2005) e números já publicados
3

3433

EXTRA

  • Congresso em pé de guerra exige CPMI porque RESSACA DO MAR DE LAMA ATINGE PLANALTO
  • Governo cria país dentro do País em Roraima. ONGS EM FESTA NA AMAZÔNIA RETALHADA
  • Penúria e fervura no meio militar
  • 1.ª coletiva de Lula: "ação entre amigos"
  • Mar queria engolir avenida na cidade de Santos
  • Guarulhos livrou-se das maldades da carrocinha
  • Mais empregos após os 40 anos
  • O Conta-Gotas (noticiário amplo, geral e irrestrito): 1) Lula, mais caro que monarquias e Bush; 2) Defesa sob ameaça com fechamento da Imbel; 3) Família busca notícias de brasileiro no Japão; 4) Salva Vidas Mirim faz exposição de arte; 5) Governo dribla lei para duplicar funcionalismo; 6) Empresários instalam "impostômetro" em SP; 7) Dia dos Heróis e Mártires da II Guerra Mundial; 8) Eixo Vermelho se expande na América Latina; 9) "Afinal, o que é que eles queriam?"; 10) Prossegue luta contra criminalidade violenta; 11) ONGs atacam desarme de cidadãos honestos; 12) Projeto que expropria salários anda na Câmara; 13)  Crescem extorsões do crime organizado por telefone; 14) Eleições nos EUA: urnas-e têm que imprimir o voto; 15) Novo radar dá mais segurança em Brasília e SP; 16) Dinheiro dos pobres vai para "gays" e lésbicas; 17) Cartilha do "politicamente correto" é repudiada; 18) OIT diz que Brasil avançou na proteção ao trabalho; 19) Tribunal de SP julga culpa do governo por assaltos; 20) Indultos: mais nuvens negras sobre a segurança pública; 21) Febem quis soltar menores perigosos, afirma juíza; 22) China certifica anticorpo cubano contra o câncer
  • ENTRELINHAS (por Amaira e Feguelli) 
  • A CHARGE DE COLETTI (por Nelson Coletti)
  • A MATRACA (por Assis Correa Neto): Trabalhador mais pobre; Governo: tirem o traseiro do sofá; Fora com o terrorismo; Sapateiro não deve ir além dos chinelos; Jobim quer pensar política judiciária; Brasil volta a pisar na bola; Aéreas estão abrindo o bico; Ensino continua no fundo do poço; Ciência em ação; Malandro no xilindró
  • Rodapé: Lula tem razão! O brasileiro é acomodado mesmo. Só se mexeu para conseguir o impeachment de Collor por menos do que está acontecendo.
  • "Links" para matérias das edições passadas (sinopse 2003/2005) e números já publicados

Mais de 8 milhões de acessos

Durante os 12 meses de 2006, ano em que foram suspensas as publicações periódicas regulares, o Webalizer (servidor estrangeiro que monitora tráfego na Internet) totalizou 8.171.904 acessos às matérias “linkadas” nesta página (arquivo acima). Outro marco na história de O JORNAL. Subiu para 126 o total de países dos quais partiram as consultas. O Brasil ficou com 70% do tráfego, seguido pelos EUA (Comercial e Educacional), Japão, México, Itália, Alemanha, França, Argentina, Suíça, Espanha, Holanda, Peru, Chile, Canadá, Polônia, Colômbia, Bélgica, Reino Unido, Áustria, Emirados Árabes Unidos, Arábia Saudita, Suécia, Austrália, Finlândia, Turquia, Uruguai, Malásia e outros. O mês de novembro/2006 foi o recordista, com 1.473.895 "hits". Veja a estatística geral dos 12 meses de 2006 clicando aqui.    

Contatos com O Jornal