Computador.gif (30986 bytes)

Interneteando

Sérgio Quintella da Rocha

serginhoqr@uol.com.br

QUANTO VALE O SHOW ?!?

Em tempos de crise política, quando denúncias abalam os contornos e a dignidade do Palácio do Planalto, a internet pode ser uma grande aliada das legendas partidárias. Enquanto a tão falada abertura das CPIs, que investigariam os bingos e o caso "Waldomirogate", é abafada por manobras, a oposição e a situação se movimentam para criar versões distintas para fatos concretos. Agora, tucanos e petistas divulgam, em seus sites, suas próprias versões para acontecimentos idênticos.

De acordo com o "Aurélio", o verbo noticiar significa dar notícia, comunicar. Entretanto, não diz se parcial ou imparcialmente. E, nestes casos, a imparcialidade não existe. Sobram apenas os relatos com um lado só.

As denúncias envolvendo o assessor do ministro José Dirceu, da Casa Civil, o (agora) famoso Waldomiro Diniz, são um bom exemplo disso tudo. No www.pt.org.br, o assunto foi tratado simplesmente como o de um assessor parlamentar que está envolvido em corrupções. Sem qualquer conotação com seu chefe (Dirceu) e, principalmente, com o presidente Lula ou quem quer que seja.

Já o www.psdb.org.br veicula que o Partido dos Trabalhadores não se deu conta de que o caso envolve diretamente o governo, e que os petistas precisam explicar como um funcionário de confiança do primeiro escalão do Governo Federal se envolve em maracutaias e não questiona se ele teve ou não envolvimento com "Deus Pai todo-poderoso" (no caso, o ministro José Dirceu).

Outras filiações partidárias também se entregam à modernidade digital e procuram defender seus ideais, ou simplesmente travam uma oposição ferrenha aos moldes governamentais.

A página do PFL (www.pfl.org.br) "entrega", mensalmente, o "Troféu Berzoini de Crueldade". O nome foi dado para o então ministro da Previdência (hoje na Pasta do Trabalho), Ricardo Berzoini, em virtude do famoso episódio envolvendo o recadastramento de idosos com mais de 90 anos, e que gerou uma enorme confusão, com o ministro tendo de vir a público pedir desculpas - isso tudo depois de a medida ser suspensa. Neste mês, há vários candidatos ao "prêmio", entre eles os ministros Ciro Gomes e José Dirceu, e o presidente Lula.

TEM PRA TODO MUNDO

Desde sua primeira edição, a nossa INTERNETEANDO vem falando da troca de MP3 na rede mundial de computadores. Todavia, o assunto ficou meio saturado, mas, quando o tema é o "entretenimento música", nunca se torna redundante. Sempre há espaço para todo mundo, para todos os gostos...

Bandas nacionais e as lá de fora continuam achando meios de se promover na internet. Podem ser através de páginas oficiais ou não (neste caso, a ajuda dos fãs é fundamental). Uma situação, portanto, muito diferente da vivida nos (já) longínquos anos 80, quando a proposição musical se limitava às poucas revistas e aos discos caros. Eu digo isso porque as revistas especializadas em música (Bizz, ShowBizz, entre outras poucas) traziam apenas as principais bandas ( podemos chamar de eixo U 2/ Guns N´ Roses / Faith No More) e, dentro disso tudo, informações superficiais, além de algumas letras traduzidas. Hoje, a situação é bem diferente. Bandas como a holandesa Within Temptation (www.within-temptation.com), cuja vocalista - a bela Sharon Den Adel- já fez pontas em projetos voltados ao público Metal - podem difundir suas

músicas e letras para todos que procuram. E não é pouca gente, não. Tentando achar páginas em português da banda, acabei localizando um site totalmente fiel ao original – que é em inglês ou alemão. Só que traduzido para a nossa língua. E o legal disso tudo é que a página foi feita por um fã da banda (www.within-temptation.com.br). Mesmo para quem não gosta do gênero, vale o exemplo.

Bandas nacionais como Shaman (www.shamanonline.com.br) e Angra (www.angra.net), que fazem sucesso razoável por aqui, mas, no Japão e, principalmente na Europa, são recordes de vendas de álbuns, seguem a mesma linha. É comum achar, por exemplo (mas não necessariamente esses endereços), angra.fr (França) ou shaman.pt (Portugal).

Há também os conjuntos que já não estão mais entre nós, porém, graças aos seus, digamos, seguidores, não deixam de ter o merecido espaço. É o caso do extinto Viper, uma das primeiras bandas tupiniquins que fizeram sucesso no Exterior, seguindo a onda e o rastro do Sepultura. O grupo, que ameaçou até uma volta, em meados de 2000, viu seu guitarrista (Yves Passarel) se juntar ao Capital Inicial, tomando o lugar "do figura" Loro Jones. Num desses encontros inesperados de bar, pude conversar com o vocalista do Viper (Pit Passarel), e ele me relatou que a banda tinha tramado um "retorno triunfal". Entretanto, graças a uma maracutaia empresarial, tudo tinha ido por terra.

O legal é que bandas pequenas, mas muito boas, também podem buscar seu espaço. É o caso da amazonense Glory Opera, cujo site www.gloryopera.mus.br, traz um monte de coisas legais, entre letras traduzidas ( como todas as bandas do gênero, é tudo em inglês) e histórias das letras. Vale lembrar que o grupo faz um Metal de primeira linha, e já teve algumas passagens pelo Sudeste do País para divulgar seu álbum Rising Moanga.

Trazendo a história para um lado mais pop, Capital Inicial, Legião Urbana, Raimundos, mais todas aquelas bandas de Brasília, têm megas e mais megas de informação. É só ter um pouco de paciência para procurar em portais de busca.

CURTINHA

@.com

Todos se lembram do Código Morse, certo? Pois bem, a velha combinação de traços e pontos se rendeu à modernidade. Agora o símbolo arroba (@) já faz parte da relação alfa-numérica do código, criado no século 19.

Livro do Mês

"Vida, obra e época de Paulo Setúbal, um homem de alma ardente". Neste épico lançamento, o jornalista e escritor Fernando Jorge retrata a personalidade do autor de "A Marquesa de Santos", um sucesso de venda nos anos 20, do século passado.

Fernando Jorge se preparou 40 anos para escrevê-lo, e o livro conta quase 100 anos de história. Contudo, seu conteúdo vale por uma vida.

Site do mês

www.charges.com.br

De forma inteligente, seu autor, Maurício Ricardo, trata, todos os dias do assunto do momento. Do caso Waldomirogate à entrega do Oscar. Da prisão de Saddam Hussein ao envolvimento da sempre bela Luma de Oliveira com um bombeiro carioca.

Mensagem para O JORNAL

Volta à 1.ª página