Computador2.gif (31302 bytes)

INTERNETEANDO

Sérgio Quintella da Rocha
serginhoqr@uol.com.br

Informação vapt-vupt

Internet rápida é sinônimo de melhor navegação, não é, prezado leitor? Nem sempre. Contudo, o ponto a que eu quero chegar é o da rapidez na informação.

O Brasil é um país que podemos chamar de engraçado. Tanto é que uma simples reportagem, veiculada no mais influente jornal do mundo, foi capaz de sacudir um pouco mais nossa cena política. O desenrolar do caso, todo mundo já sabe. Será redundância minha entrar no mérito da questão, ou falar quem errou ou acertou nessa história toda.

O New York Times não circula no Brasil. O máximo que pode acontecer são alguns exemplares chegarem a uma ou outra banca de jornal da avenida Paulista. E só. Quem quiser saber o que o diário norte-americano divulgou, é só ver na internet.

A tal matéria, divulgada no domingo (09/05), já estava disponível (on-line) um dia antes. A Folha de S. Paulo, que largou na frente, reservou um espaço para o tema no mesmo dia em que saiu a publicação nos Estados Unidos. Durante toda a semana que sucedeu ao acontecido, os diários do Brasil e do mundo deram ampla cobertura para o ocorrido. A rapidez com que as informações

podem chegar a qualquer lugar do planeta é o fato que faz da Internet o ponto chave nos meios de comunicação de hoje.

Mesmo quem não dá a mínima bola para o fato de o presidente Lula beber ou não, nem está preocupado com a diminuta importância que os norte-americanos dedicam aos países em desenvolvimento (sic), com certeza vai levar em conta a capacidade da Internet para revolucionar ainda mais os meios de comunicação em todo o mundo.

Outro assunto, este sim importante e que também está ligado à Internet, foi a decapitação de um civil norte-americano por rebeldes iraquianos, como forma de retaliação pelas cenas de tortura a prisioneiros iraquianos. O vídeo foi divulgado pela rede mundial de computadores e chocou o mundo todo. Ponto negativo para Bush, que vê sua popularidade despencar, há seis meses das eleições presidenciais norte-americanas.

SITE DO MÊS

www.letras.mus.br

O site tem as letras de todas (ou quase todas) as bandas e artistas que você pode imaginar. De A a Z.

Mensagem para O JORNAL

Volta à 1.ª página